Densidade de implantação de apiários (Centro)

Antes de mais, uma boa notícia, pois era impensável a densidade de implantação existente na zona referida, no entanto deveria ser alargado a outras zonas do país. Outra menos-valia é o período de 3 anos para o apicultor se adaptar. A meu ver, bastava 1 ano sem prejuízo de ninguém… Não querendo ser mais papista, eu até gostaria de reduzir para 50 o máximo, mas sempre está melhor do que antes…

Portaria nº 8 de 2017, 4 de janeiro:

…estabelece o regime jurídico da atividade apícola relativa à detenção, criação ou exploração de abelhas da espécieApis mellifera, fixando, designadamente, os parâmetros a que deve obedecer a densidade de implantação de apiários, bem como o limite máximo nacional de colmeias por apiário.

A região Centro possui elevadas potencialidades naturais para a prática apícola, no entanto esta atividade é fortemente condicionada por plantas melíferas com períodos de floração curtos e muito dependentes das condições climatéricas da região que as afeta especialmente nos meses de verão.

Assim, quando instaladas em apiários próximos, as colónias entram em competição alimentar, uma vez que as áreas de pastagem se sobrepõem, situação essa que se agrava com o número elevado de colónias instaladas na área de alguns municípios.

Tais razões aconselham a que na área daqueles municípios nunca se instalem mais de 75 colmeias por apiário, …, tendo -se concluído, pela prática de maneio, que um número superior é prejudicial, conduzindo a um baixo rendimento, elevada mortalidade e uma maior proliferação de doenças.

Artigo 1. – Densidade de instalação de colmeias

1 — A densidade de implantação de apiários nos municípios de Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Idanha -a -Nova, Oleiros e Vila Velha de Ródão, da área da Direção de Serviços de Alimentação e Veterinária da Região Centro, deve estar em conformidade com os parâmetros estabelecidos no quadro anexo à presente portaria, que dela faz parte integrante.

2 — Na área dos municípios a que se refere o número anterior, o limite máximo de colmeias por apiário, é de 75.

ANEXO (a que se refere o artigo 1.)

Categorias segundo o número de colmeias móveis por apiário – Distância de instalação mínima do apiário mais próximo (**)

De 1 a 10 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (*) 100m

De 11 a 25 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 500m

De 26 a 50 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 000m

De 51 a 75 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 500m

(*) Distâncias inferiores no caso de os apiários se encontrarem situados em propriedades diferentes.

(**) Excetua -se do disposto anterior para casos de polinização de pomares durante o período de floração. O mesmo deverá ser alvo de aprovação por parte das entidades oficiais.

Pode encontrar a portaria completa aqui: Portaria nº 8 de 2017, 4 de janeiro

Anúncios

One thought on “Densidade de implantação de apiários (Centro)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s